APRASC conquista diversas moções de apoio de Câmaras de Vereadores na luta pela reposição salarial

Geral

APRASC faz contraproposta ao Governo do Estado e segue negociação
11/02/2020

Em mais uma rodada de negociação com o Governo do Estado, a APRASC e demais entidades militares estaduais voltaram a manifestar, nessa terça-feira (11/02), a insatisfação frente às novas planilhas apresentadas pela Secretaria de Estado da Administração. As entidades estão reivindicando um reajuste maior, que se aproxime mais das perdas salariais e a redução no prazo de concessão para no máximo 2021. E a APRASC também solicitou uma reestruturação e adequação do plano de carreira. “Seguimos na nossa luta por um reajuste que atende minimamente nossos anseios. A APRASC não irá se contentar com migalha”, destacou Pawlick.

O diretor financeiro e administrativo, subtenente RR Pedro Paulo Rezena, já manifestando o descontentamento, convocou uma reunião de emergência de toda a diretoria para o dia 17/02 (segunda-feira), às 13h, na sede da APRASC. “O objetivo é pôr todos os diretores a par de toda a negociação frente a nossos pedidos junto ao governo do Estado, que já está se tornando uma novela mexicana, uma falta total de respeito com a melhor classe militar do Brasil”, afirmou Rezena.

O Governo do Estado irá analisar a proposta das entidades e uma nova reunião foi agendada para o dia 18 de fevereiro. Caberá a uma assembleia geral que será chamada pela APRASC analisar e deliberar pela aceitação ou não da proposta do governo.
Participaram da reunião o presidente da APRASC, subtenente RR João Carlos Pawlick, o presidente da ACORS, Cel Sérgio Luís Sell, entre outros.

Assista abaixo ao vídeo do presidente João Carlos Pawlick sobre a reunião

[ Últimas notícias ]
POLICIAIS E BOMBEIROS MILITARES LUTANDO PELA SEGURANÇA DA SOCIEDADE
  • (48)3223-2241

Associação de Praças de Santa Catarina - Rua Raul Machado, 139 Centro - CEP: 88020-610 - Florianópolis/SC

Horário de funcionamento
Segunda a sexta-feira 8h às 12h e 14h às 18h