APRASC comemora fim da prisão administrativa disciplinar

Geral

Praças em Ação: PMs salvam homem de tentativa de suidício em Xaxim
13/11/2019

“Vamos agarrar esse cara, antes que não dê mais tempo”, disse o aprasquiano Barbosa, ao salvar um homem preste a tirar a própria vida em Xaxim

Há cerca de 8 anos atuando na Polícia Militar, a vida do aprasquiano, o soldado Fernando Henrique Barbosa de Oliveira não será mais a mesma depois do dia 29/09/2019, data que já está marcada em sua memória e no coração de muitas pessoas. A ação rápida da PMSC fez toda a diferença para preservar a vida do homem.

“É uma situação muito rápida. Você vê a pessoa ali do lado de fora de uma sacada, agarrado em grades finas e velhas e com uma corda no pescoço, que sabe que vai se jogar a qualquer momento e não pensa duas vezes. Saímos rápido da viatura e eu disse para meu colega: vamos agarrar esse cara, antes que não dê mais tempo. Não pensei muito. Foi questão de segundos entre ele escorregar e eu conseguir pegá-lo e trazê-lo de volta para dentro da sacada”, conta o soldado Barbosa, que mesmo sem ter qualquer equipamento de proteção, naquela ocasião de extrema urgência, diante de uma pessoa descontrolada emocionalmente, prestes a tirar sua própria vida, não mediu esforços para salvá-la, diante da possibilidade de sofrer uma queda, cuja altura aproximada era de 12 metros.

A ação realizada com muita com agilidade e eficiência merece todo o reconhecimento e destaque da APRASC. Nesse sentido, a Associação parabeniza e cumprimenta o policial Barbosa, e os colegas os soldados PM Leandro Tonello, também aprasquiano, e Jeferson de Souza Gomes, que não mediram esforços, colocando também as suas vidas em risco, ao impedir o suicídio, evitando assim um final trágico.

Os policiais também já obtiveram o reconhecimento da Câmara de Vereadores de Xaxim que aprovou, no dia 29 de outubro, uma Moção de Elogio e Reconhecimento solicitando ao Comandante Geral da Polícia Militar e Secretário de Estado de Segurança Pública, Carlos Alberto de Araújo Gomes Júnior, que reconheça os três policiais militares que atuaram com bravura na ocorrência. A moção foi proposta pelo vereador Inácio Luiz Bracht e teve aprovação unânime do plenário da câmara. O vereador Bracht destacou que é preciso reconhecer a atuação desses profissionais, porque agiram com coragem e eficiência para resguardar a vida e preservar a ordem pública.

Já a Polícia Militar de Santa Catarina instaurou uma sindicância para analisar a atuação do aprasquiano soldado PM Fernando Henrique Barbosa de Oliveira e como ato de bravura.

Entenda o caso

Separado, deprimido e com problemas de alcoolismo, o homem, de 53 anos, amarrou uma corda no pescoço e tentava se jogar da sacada do apartamento onde mora, no terceiro andar de um edifício no Centro de Xaxim, segundo dados do boletim de ocorrência. O soldado Barbosa realizou o primeiro contato com a vítima e, dada a situação de descontrole emocional do homem, mesmo sem ter qualquer equipamento de proteção, não mediu esforços para salvá-lo, diante da possibilidade de cair de uma altura de 12 metros. O soldado atendeu a ocorrência juntamente com outros dois soldados da PM de Xaxim e conta como se deu o resgate.

“Estávamos eu, o soldado Tonello e e o soldado Gomes quando a central nos chamou via rádio para irmos o mais depressa possível até o prédio. Vimos o homem para o lado de fora da sacada. Corremos até o apartamento eu e o soldado Gomes. O soldado Tonello ficou do lado de fora fazendo uma proteção para ninguém se aproximar. Eu o Gomes corremos até o apartamento e entramos com a ajuda de outro homem que morava com a vítima. O soldado Gomes foi pelo lado da cozinha e fui pelo outro, entrando no quarto daquele senhor, que estava desesperado. Cheguei em uma janela que estava aberta e fiquei cuidando ele, que não me via porque havia uma cortina na frente. Quando o homem escorregou, fui rapidamente para a sacada, pendurei-me e agarrei-o com força. Ele tentou se soltar. Sacudimos. No embalo, consegui puxá-lo, fazendo um pêndulo com meu corpo, e puxei ele comigo para dentro da sacada. Deitei-o no chão e ele desabou em choro. Foi quando os bombeiros chegaram e prestaram o primeiro atendimento”, relatou o soldado Barbosa.

Veja o vídeo:

Galeria de Fotos
[ Últimas notícias ]
POLICIAIS E BOMBEIROS MILITARES LUTANDO PELA SEGURANÇA DA SOCIEDADE
  • (48)3223-2241

Associação de Praças de Santa Catarina - Rua Raul Machado, 139 Centro - CEP: 88020-610 - Florianópolis/SC

Horário de funcionamento
Segunda a sexta-feira 8h às 12h e 14h às 18h