Nota de pesar

Geral

Assembleia Geral da APRASC reúne mais de 300 policiais e bombeiros militares na Grande Florianópolis
04/10/2019

A APRASC realizou Assembleia Geral na tarde da sexta-feira, 04/10, em São José, na Grande Florianópolis. Participaram mais de 300 associados – entre policiais e bombeiros de todas as regiões do Estado.

Na pauta temas importantes como as propostas de mudanças ao projeto para o novo plano de carreira e para o projeto do QOA, Quadro de Oficiais Auxiliares ou Administrativos, a reforma da previdência e escala 24 x 48 horas, bem como temas administrativos e financeiros. A IRESA e outros temas jurídicos foram apresentados pelos advogados da APRASC que detalharam cada umas das ações coletivas em andamento e finalizadas e as ações individuais.

No final do encontro, cantando o Hino Nacional os associados ergueram faixas e cartazes e pediram urgência no pagamento da reposição inflacionária. São 5 anos de perdas salariais.

Homenagem aos PM mortos

O coordenador de Comunicação da APRASC, cabo Arlindo Polli Neto, abriu o evento com uma homenagem aos sargentos aprasquianos Claudemir da Rosa e Juares Peixe, falecidos na última semana. Depois, os presentes puderam conhecer toda a Diretoria da entidade, que foi convidada a se posicionar à frente da mesa principal. Um a um, os diretores se apresentaram com sua função e local de atuação.

Veja o vídeo da abertura e da homenagem:

Mesa principal

Na sua fala, o presidente da APRASC, subtenente RR João Carlos Pawlick, citou as cobranças feitas ao governado do estado referentes à reposição da inflação e também à reforma da Previdência. Pawlick se colocou à disposição dos associados e destacou o trabalho da Diretoria na luta pelos direitos dos praças.

Já o vice-presidente Nilton Cesar Facenda ressaltou a importância da presença dos associados para que sejam possíveis as novas conquistas. "Se nós queremos mudar alguma coisa, se queremos conquistar nossas demandas, nós temos que estar dentro e vestir a camisa", completou.

O deputado estadual e associado da APRASC, Sargento Lima, também esteve presente durante todo o evento e criticou a falta de diálogo do governo com a APRASC. Ele reforçou a necessidade do pagamento urgente da reposição da inflação. O deputado também destacou os projeto de interesse dos praças que estão em tramitação da Alesc e disse que é parceiro da APRASC.

Novos diretores

O sargento Lima foi anunciado na Assembleia Geral como o novo coordenador de Relações Públicas, e o sargento Agueiras como vice-presidente BM Regional Grande Florianópolis. Os dois agradeceram a oportunidade e enalteceram a grandeza da Associação e sua capacidade de realizar grandes conquistas.
"Aceitei esse convite não para ser um número a mais, sim para trabalhar e participar", finalizou o sargento Lima.

Veja o vídeo de apresentação da mesa principal:

Administrativo e Financeiro

O tesoureiro e diretor administrativo e financeiro da APRASC, subtenente RR Pedro Paulo Rezena, falou sobre a saúde financeira da associação. "No dia 31 de dezembro assumimos a APRASC com o caixa de R$6.530.000,00, e no dia 30 de setembro deste ano tivemos um crescimento de 13% em relação a todo o ano anterior. Nossas despesas se diluem em encargos trabalhistas, encargos sociais, despesas com eventos e viagens. São todas despesas de custeio", detalhou.

Ele citou também a criação da Fundação APRASC, com o objetivo de aumentar os serviços da entidade aos praças reformados e da reserva, além dos da ativa.
A criação da Fundação foi definida e autorizada na primeira Assembleia Geral, realizada no dia 28 de junho deste ano, em Lages. "Todos os associados da APRASC terão direito aos serviços da Fundação, que fará tudo o que a APRASC não pode fazer enquanto associação representativa na luta por direitos. Irá abraçar a parte social, de saúde e não terá despesa para a APRASC, pois se manterá com doações e convênios", explicou.

Veja o vídeo da apresentação do Administrativo e Financeiro:

Plano de Carreira


A primeira pauta abordada na Assembleia Geral foi o Plano de Carreira. No início foram apresentados os integrantes da Comissão. São eles: Dionatan Alberton – vice-presidente da Regional PM Alto Vale do Itajaí; Ezequiel Queiroz - vice-presidente da Regional PM Norte; Diogo de Jesus Sutil - vice-presidente da Regional PM Planalto; Reginaldo dos Passos Colaço Nunes - vice-presidente da Regional PM Extremo Sul; Agnaldo Mateus de Oliveira – coordenação Direitos Humanos; Benjamin Pinho – vice-presidente da Regional BM Grande Oeste; Gislaine Anselmo de Medeiros – coordenação Saúde e Promoção Social e Adair Flamia - vice-presidente da Regional PM Meio Oeste.

A comissão foi representada na apresentação pelo Diogo de Jesus Sutil, Dionatan Alberton e Agnaldo Mateus de Oliveira. Eles falaram sobre a importância da modificação para a categoria e explanaram o projeto elaborado pela Comissão.

Segundo Diogo, o Plano de Carreira é um ponto sensível, já que é um dos principais aspectos que causa a desunião da categoria. "Nossa comissão espera que esse plano de carreira sirva para pregar união, porque hoje vemos subdivisões que são prejudiciais para nossa categoria", afirmou.
Alberton relembrou que a proposta do Plano de Carreira foi criada em conjunto com todos os praças que procuraram a Comissão para apontamentos. "Para quem viu, nosso plano é 50% por mérito intelectual e 50% por antiguidade. Acreditamos ser o mais justo", completou.
Após a apresentação, os praças puderam fazer perguntas e sugestões aos diretores.
O diretor Mateus finalizou a discussão sobre o tema ressaltando a inclusão de todos no plano. "Eu venho acompanhando e trabalhando neste plano desde o começo do ano e posso garantir que todos estão contemplados", finalizou.

Veja o vídeo da apresentação do Plano de Carreira:

 

 

QOA

Na sequência, o presidente da Comissão do QOA, vice-presidente BM Regional Norte Marcos Duarte da Silva, falou sobre o tema. Ele ressaltou que a minuta do QOA trabalhada pela comissão é uma proposta. "É importante esclarecer que essa minuta é apenas uma projeção de lei. Em 2015, foi movido o PCL 26. Dois anos depois, uma comissão formada pela PMSC e CBMSC apresentou uma propositura, mas os projetos eram divergentes. Tinham elementos que não seguiam a lei, uma vez que bombeiros e policiais militares são militares estaduais e não podem ter diferença nas propostas. Por isso, o PCL de 2015 foi arquivado", explicou.

O diretor esclareceu que devido a uma aproximação junto aos Comandos Gerais das duas Corporações, a APRASC recebeu autorização para que desenvolvesse um projeto do QOA que complementasse o anterior. Ele também apresentou os principais tópicos da proposta, como os cargos do QOA e funções a serem desenvolvidas.

O presidente da Comissão relembrou ainda que o projeto encontra resistência por considerarem que beneficia apenas subtenentes. "Eu ouso dizer que esse projeto beneficia desde o soldado até o subtenente. Uma vaga de QOA causa a evolução de 5 carreiras. Porque alguém foi ao QOA, o soldado poderá subir a cabo, e assim sucessivamente", afirmou.

Veja o vídeo da apresentação do QOA:

Jurídico da APRASC

O advogado do escritório central da APRASC, Leonardo Borchardt, foi o responsável pelos apontamentos e esclarecimentos referentes à IRESA, reposição inflacionária e demais assuntos jurídicos.
Sobre o IRESA, Borchardt recomendou a incorporação do IRESA sem perdas para o subsídio dos praças. Após a recomendação, foi realizada uma votação sobre a diretoria aderir ao posicionamento. Ela foi aprovada com apenas um voto contrário.

A reposição salarial foi o segundo tema abordado pelo advogado da APRASC. Foi aprovada por unanimidade que a APRASC entre com uma ação contra o governo do estado pela atualização monetária.

Após as votações, a advogada do escritório-central Mariana Lixa apresentou a organização jurídica da APRASC e também as novas ações do jurídico da entidade. Ela ressaltou a qualidade da equipe e os resultados positivos que vêm sendo conquistados. "A APRASC tem uma das melhores assessorias jurídicas entre as associações. Isto é comprovado pelos números e resultados conquistados", afirmou.
Para finalizar, foi realizada uma votação para aprovação das novas demanda das novas ações coletivas. A votação foi aprovada.

Veja o vídeo da apresentação do Jurídico da APRASC:

 

Confira na íntegra a Assembleia Geral:

Confira as fotos da Assembleia Geral

Galeria de Fotos
[ Últimas notícias ]
POLICIAIS E BOMBEIROS MILITARES LUTANDO PELA SEGURANÇA DA SOCIEDADE
  • (48)3223-2241 3039-0609

Associação de Praças de Santa Catarina - Rua Raul Machado, 139 Centro - CEP: 88020-610 - Florianópolis/SC

Horário de funcionamento
Segunda a sexta-feira 8h às 12h e 14h às 18h