Nota de pesar

Geral

#PraçasEmAção: Policiais Militares de Joinville salvam vida de homem vítima de descarga elétrica
04/07/2019

O associado da APRASC, soldado Rogério Felix Ferreira, e o soldado Eduardo Figura Neto, do 17° Batalhão de Polícia Militar, de Joinville, salvaram a vida do senhor Pedro Leite Toscano, de 60 anos, após ele ser eletrocutado ao tentar retirar, com um alicate, um fio de alta tensão energizado que estava caído na rua no último sábado (29/06), na cidade do norte catarinense. Eles estavam passando pelo local quando foram avisados pela população e perceberam o senhor caído ao lado dos fios, inconsciente e com as vias aéreas obstruídas.

“Nós estávamos nos deslocando para uma ocorrência de furto à residência e fomos parados por um popular avisando da situação. Quando chegamos vimos o senhor caído com os fios de alta tensão ao redor, com faísca e fogo. Neste momento nós só pensamos em salvar a vida do seu Pedro. O filho dele, Eduardo Corrêa Toscano, estava ali pedindo para salvá-lo”, contou o soldado Felix.

Mesmo sob risco de sofrerem uma descarga elétrica, os militares transportaram a vítima para um local seguro, onde iniciaram os primeiros socorros. “Continuamos no RCP, passaram cerca de 10 minutos que estávamos fazendo massagem cardiorrespiratória e ele apresentou uma reação, voltando a respirar”, lembra. Os militares aguardaram a chegada do SAMU e do ASU, que encaminharam a vítima ao hospital.

O soldado Félix contou o que sentiu. “No momento, nós imaginamos como se fosse um parente nosso, e queríamos revivê-lo. Não é de rotina ocorrências desse tipo para nós. Foi uma satisfação imensa vê-lo saindo com vida para o hospital, para ser atendido”.

Após o ocorrido, os praças visitaram a vítima no local de internação. “Nós estivemos duas vezes no hospital, uma ele ainda estava em coma e na segunda já estava consciente. Foi bem emocionante vermos que pudemos ajudar a salvar uma vida e que ele está ali tranquilo, forte e com a família novamente”, descreveu o aprasquiano.

Eduardo, filho da vítima, relatou a reação do pai após a visita dos policiais ao hospital. “Em todo momento que meu pai vai falar, ele fala dos policiais. Diz dos amigos policiais dele, que salvaram a vida dele. Ele fica muito emocionado, chorava de felicidade. Ele adora esses policiais”, relatou. Ele ainda exaltou a atuação dos soldados. “Eu agradeço a Deus por esses policiais terem aparecido, eles foram maravilhosos. Agradecer a eles a vida do meu pai. Meu pai não teve sequelas, nem físicas nem mentais. Não fossem eles, o atendimento imediato, não sei o que seria”.

Ele ainda deixou um recado aos policiais de todo o estado. “Que eles continuem sendo esses policiais que estão sendo, dispostos a ajudar a população. Eles são exemplos”, finalizou.

O soldado Félix deixou ainda uma orientação às pessoas quando se depararem em situações envolvendo fios expostos. “Quando você vê um fio desencapado, não dá para saber se é de luz ou rede telefônica. Evite o contato, mesmo que tenha algum conhecimento da parte elétrica residencial. Chame a Celesc ou órgãos competentes para evitar incidentes como esse. Apenas isole o local e acione os órgãos competentes para realizar o manuseio correto”, alertou.

A APRASC parabeniza os bravos guerreiros que, mesmo sob risco, não mediram esforços para agir rápido e salvar uma vida. Parabéns!

Ouça a notícia na RádioWeb APRASC

[ Últimas notícias ]
POLICIAIS E BOMBEIROS MILITARES LUTANDO PELA SEGURANÇA DA SOCIEDADE
  • (48)3223-2241 3039-0609

Associação de Praças de Santa Catarina - Rua Raul Machado, 139 Centro - CEP: 88020-610 - Florianópolis/SC

Horário de funcionamento
Segunda a sexta-feira 8h às 12h e 14h às 18h