Vamos nos unir para ajudar: Campanha Solidária em prol do Soldado PM STANQUERLIN

Geral

Aprasquiano é um dos agraciados com a Medalha de Tempo de Serviço da PMSC
30/04/2019

O aprasquiano soldado Anderson Gomes da Silva, secretário-geral da APRASC, foi um dos policiais militares agraciados com a medalha de tempo de serviço concedida pela Polícia Militar de Santa Catarina. A solenidade ocorreu na tarde desta terça-feira (16h), 30 de abril, na sede do 16º Batalhão da Polícia Militar, em Palhoça, na Grande Florianópolis, dentro das comemorações do aniversário da PMSC.

O presidente da APRASC, subtenente RR João Carlos Pawlick, prestigiou a cerimônia. Natural de Florianópolis, atuando desde 2017 na PM em Biguaçu, o soldado Anderson diz que a convivência com PMs desde cedo foi determinante para levá-lo a ser um praça e sente-se honrado em receber a medalha, que representa um bom comportamento nesses 10 anos de Polícia Militar.

“É uma honra. Minha família toda é da PMSC. Tive um avô, um tio, meu pai, meu padrastro, todos policiais militares. Desde criança eu convivo no meio militar, andando com filhos de PMs. Sempre esteve no sangue ser praça, sempre foi meu maior sonho”, conta o soldado Anderson.

O secretário-geral da APRASC entrou na Polícia Militar em 2008 em Brusque, no Vale do Itajaí. Em 2010, foi para o Batalhão Rodoviário da Polícia Militar, onde esteve lotado até 2017. Desde então, integra os quadros do 24ºBPM, em Biguaçu, na décima primeira Região de Polícia Militar de Santa Catarina. O soldado Anderson relata que é bastante desafiador o trabalho como praça na Grande Florianópolis, porque são muitas as operações realizadas em diversas frentes.

“É diferente. Não há rotina na região da Capital. É algo inusitado”.

Mas considera um momento especial nestes 10 anos como PM o tempo em que esteve na Polícia Militar Rodoviária.

“O meu pai se aposentou na PMRV. Meu padrastro também. Cheguei a trabalhar com os dois. Meu padrastro foi meu comandante no Norte da Ilha. E meu pai comandou nosso policiamento de moto em Gaspar, no Vale do Itajaí. É inusitado trabalhar com parentes. É raro ter filhos e pais trabalhando juntos”.

O soldado Anderson deixa um recado aos colegas que estão entrando na corporação ou que estão perto deste 10 primeiros anos de serviço.

“Não é fácil ser PM. Se fosse fácil, qualquer um seria. É preciso ter muita força e manter o foco na carreira que tudo acontece da melhor forma possível”, resume do soldado.

Integrante da diretoria da APRASC na gestão 2018-2021, o secretário-geral soldado Anderson conta que veio pelo desejo de defender os direitos dos praças.

“O subtenente RR João Carlos Pawlick me convidou para fazer parte da chapa e me senti muito honrado. Aceitei o convite prontamente. Gosto muito do Pawlick. A gente (diretoria) quer mudança. Estamos caminhando, aos poucos conquistando mais espaço na sociedade em defesa dos direitos dos praças”.

Parabéns ao soldado Anderson Gomes da Silva e a todos os colegas praças agraciados com a medalha de tempo de serviço no aniversário da PMSC entregue nesta terça-feira em Palhoça.

São requisitos para receber a medalha: para a categoria bronze, ter completado 10 anos de efetivo serviço; 20 anos de efetivo serviço para a categoria prata; e 30 anos de efetivo serviço para a categoria ouro. Também não ter sido condenado em sentença transitada em julgado. Não ter sido punido por falta atentatória que comprometa o policial-militar, o decoro da classe e as tradições da Polícia Militar. Não ter sofrido nenhuma punição nos dois últimos anos do decênio

Galeria de Fotos
[ Últimas notícias ]
POLICIAIS E BOMBEIROS MILITARES LUTANDO PELA SEGURANÇA DA SOCIEDADE
  • (48)3223-2241 3039-0609

Associação de Praças de Santa Catarina - Rua Raul Machado, 139 Centro - CEP: 88020-610 - Florianópolis/SC

Horário de funcionamento
Segunda a sexta-feira 8h às 12h e 14h às 18h