Eleições da Aprasc: chapas podem se inscrever até 16/11

Geral

Aprasc parabeniza novo comando-geral do bombeiro e reforça pedido de extinção da escala 24X48h e do aumento do efetivo
28/02/2018

 

A grave defasagem no quadro de bombeiros militares em Santa Catarina é uma das principais preocupações da Aprasc, que tem lutado pelo aumento do efetivo. O déficit no número de bombeiros militares também é usado como justificativa pelo Comando para manutenção de jornadas de trabalho que excedem 40 horas semanais previstas por lei estadual 16.773/2015. Um exemplo disso é a escala de 24 por 48h, que gera 80 horas extras mensais sem remuneração para os trabalhadores (regime análago ao escravo). Essa escala deveria ter sido extinta em dezembro de 2016, prazo máximo estipulado pela lei, mas até hoje continua em funcionamento.

 

A extinção da escala 24x48h e o aumento do efetivo no bombeiro são as duas principais reivindicações da Aprasc e a diretoria espera que sejam atendidas pelo novo comando-geral do CBMSC que assumiu na manhã dessa quarta-feira, 28. A solenidade da passagem ocorreu no Centro de Ensino do Corpo de Bombeiros, com a presença do governador Eduardo Pinho Moreira; do secretário de estado da Segurança Pública, Alceu de Oliveira Pinto Júnior, entre outras autoridades militares e civis, além de familiares e amigos. 

Deixa o cargo o coronel Onir Mocellin e assume o comando-geral, o coronel João Valério Borges. Já o coronel Vanderlei Vanderlino Vidal assumiu o cargo de subcomandante-geral e o coronel Alexandre Corrêa Dutra como chefe do Estado Maior. A Aprasc esteve presente na cerimônia, representada pelo presidente, subtenente RR Edson Fortuna; pelo diretor de Relações Públicas e presidente da Anaspra, sargento Elisandro Lotin;  pelo vice-presidente da Regional Planalto, subtenente RR Laudemir Antônio de Souza, e pelo associado e apoiador Denizar Ferreira (Lages).

“É uma solenidade importante, que marca o fim de um ciclo, com o coronel Mocellin deixando a Corporação depois de 38 anos. A Aprasc parabeniza o novo comando, deseja sucesso e se coloca a disposição”, disse Fortuna.

O presidente da Aprasc ressalta que muitas reivindicações não foram atendidas pelo comando do Mocellin e espera que “essas pendências” possam ser agora resolvidas. “Esperamos que se abra o diálogo”, disse Fortuna ressaltando que entre as prioridades está o fim da escala 24x48h. “Queremos que os bombeiros militares, assim como acontece com os policiais militares, trabalhem 40 horas. Hoje os praças bombeiros trabalham com carga de 240 horas que não é compatível com a situação dos demais militares estaduais”. 

Laudemir destacou que, por parte do efetivo, é grande a expectativa para que sejam chamados os excedentes aprovados no concurso público de 2017 do CBM. São cerca de 320 nesta situação. “Eles já estão aprovados nos exames de avaliação de escolaridade, saúde, física e psicológica, então tem que ser aproveitados”. Até agora, o CBM chamou 300 aprovados para o curso de formação que começa no dia 19 de março e deve durar oito meses.

Apesar de atender em parte a reivindicação da Aprasc, o número ainda não cobre a baixa total de praças bombeiros que vem ocorrendo nos últimos anos. Hoje, Santa Catarina conta com 2,4 mil bombeiros militares, ou seja, um déficit de mais de 10% no efetivo. “Esperamos que os 320 excedentes sejam aproveitados, esse é um dos focos da diretoria”, enfatizou Laudemir. 

Para Lotin, em todos os discursos foi ressaltada que a segurança pública é uma prioridade e por isso, enfatiza "que essa começa com a valorização e o respeito aos trabalhadores de segurança pública".

“ A extinção da escala abusiva e o aumento do efetivo são uma luta constante da Aprasc e da Anaspra, pela valorização profissional, e não vamos desistir”. Lotin conclama para que a categoria permaneça unida e ressalta que a Aprasc e a Anaspra estão sempre abertas ao diálogo para construir. 

coronel Vanderlei Vanderlino Vidal assumiu o cargo de subcomandante-geral e o coronel Alexandre Corrêa Dutra como chefe do Estado Maior

Leia também: Aprovados excedentes em concurso dos Bombeiros pressionam por convocação 

Confira os momentos da solenidade e o posicionamento da diretoria

Galeria de Fotos
[ Últimas notícias ]
POLICIAIS E BOMBEIROS MILITARES LUTANDO PELA SEGURANÇA DA SOCIEDADE
  • (48)3223-2241 3039-0609

Associação de Praças de Santa Catarina - Rua Raul Machado, 139 Centro - CEP: 88020-610 - Florianópolis/SC

Horário de funcionamento
Segunda à sexta-feira 8h às 12h e 14h às 18h