Lei das Promoções da APRASC completa cinco anos

Geral

Boas vindas ao novo comandante geral da PMSC e nosso especial agradecimento ao coronel Hemm pela parceria
22/02/2018

Conter o aumento da criminalidade e a onda de violência registrados, principalmente, em Florianópolis é um dos principais desafios do novo comandante geral da Polícia Militar, coronel Araújo Gomes, que assumiu o cargo na manhã dessa quinta-feira, 22. A solenidade ocorreu no Centro de Ensino da Polícia Militar, em Florianópolis, e contou com a presença do governador Eduardo Pinho Moreira, do novo secretário de Estado de Segurança Pública, Alceu de Oliveira Pinto Júnior, que assumiu o cargo na terça-feira, entre outras muitas autoridades militares e civis. 

 

Os presidentes da Aprasc, subtenente RR, Edson Fortuna, e da Anaspra, sargento Elisandro Lotin, prestigiaram a solentidade. “É uma data importante, porque representa uma mudança no aspecto de quem vem comandar”, disse Fortuna. Ele destacou os três anos de gestão do coronel Paulo Henrique Hemm, que foram marcados pelo diálogo estabelecido com a Aprasc e com os praças. “Tivemos avanços e agradecemos o esforço que fez, sempre dialogando. Apesar de algumas pendências que ficaram, o coronel Hemm atendeu diversas demandas. Desejamos que tenha êxito na sua nova missão”, disse.

Fortuna lembra que tanto o novo secretário, como o novo comandante assumem com  grandes desafios, mas espera a permanência do diálogo com a Aprasc e com os policiais. “ Colocamos a Associação a disposição para todas as ações que possam melhorar a segurança pública”, destacou.

 O presidente da Anaspra, sargento Elisandro Lotin, ressaltou que o novo comandante é um excelente oficial, preparado, e que conhece o dia a dia do policial. Avalia que é preciso melhorar a segurança pública em todos os pontos de vista, desde a questão prática e também intelectual”.

 “Esperamos, enquanto Aprasc e Anaspra, manter uma ótima relação com o coronel Araújo Gomes e dar continuidade ao trabalho de valorização do praça bombeiro e policial militar, bem como, para uma segurança pública melhor para o cidadão catarinense. É preciso levar em conta aquele profissional da ponta, o profissional de rua que é o que efetivamente sabe de segurança pública, agregando o conhecimento teórico do secretário e do comando geral”, disse Lotin.

 Lotin também agradeceu ao coronel Paulo Henrique Hemm, lembrando que na sua gestão, o diálogo com os praças evoluiu bastante. “O coronel Hemm sempre foi um parceiro e agora vamos efetivamente trabalhar para buscar as demandas que ainda não foram resolvidas”.

Lotin e Fortuna aproveitaram para conversar com o novo secretário de estado da Segurança pública, Alceu de Oliveira Pinto Júnior.

 No seu discurso de despedida, o coronel Hemm agradeceu e desejou força e sabedoria para seu sucessor. “Onde saio como entrei, pela porta da frente. Com sonhos, porque sem sonhos não temos objetivos, e continuo na esperança do verdadeiro reconhecimento Institucional. Pois nenhuma outra profissão entrega sua vida em favor de outro que jamais viu”.

Ele disse esperar que a segurança pública seja tratada como prioridade. “A Segurança Pública realmente necessita que investimentos aconteçam, que haja uma política de enfrentamento, que se promova a cultura da prevenção. Mas principalmente que de fato ocorra a valorização do Policial. E valorização não se faz com equipamentos, isso são ferramentas. Se faz com respeito e com ações que os fortaleçam, que os respaldem. Que os assegurem. Se assim não o fizerem, continuarão preocupados em retirar o carrapato do gado e não de impedir que ele nasça”. Confira todo o discurso do coronel.

Ainda na solenidade assumiu como subcomandante geral da PMSC, o coronel Claudio Roberto Koglin. Ele é natural de Blumenau e anteriormente era subcomandante da 3ª Região. Também já passou pelo comando do 12º Batalhão da PM em Balneário Camboriú, entre 2010 e 2012, e foi comandante do 10º BPM em Blumenau até 2015.

 

Logo após a cerimônia, os policiais presentes foram deslocados para atuação em operações em comunidades da Capital. O principal foco será nas regiões Norte e Continental de Florianópolis. "A ação também é simbólica e representa a nossa presença nas comunidades mais vulneráveis. Ao mesmo tempo faremos contato com as prefeituras para desenvolvermos ações sociais nestes locais", explicou o novo comandante geral.

Foram pelo menos 20 viaturas que deixaram o pátio do Centro de Ensino da PM perto das 11h30min para iniciarem o patrulhamento. A expectativa é que o trabalho se estenda pelos próximos dias. Para o governador Eduardo Pinho Moreira, a troca no comando da polícia renova as energias. 

Confira um pouco da solenidade e também a entrevista com o novo comandante, que falou dos desafios

 

Galeria de Fotos
[ Últimas notícias ]
POLICIAIS E BOMBEIROS MILITARES LUTANDO PELA SEGURANÇA DA SOCIEDADE
  • (48)3223-2241 3039-0609

Associação de Praças de Santa Catarina - Rua Raul Machado, 139 Centro - CEP: 88020-610 - Florianópolis/SC

Horário de funcionamento
Segunda à sexta-feira 8h às 12h e 14h às 18h