Geral

Repercutiu na mídia: Falta de dinheiro para compra de combustível paralisa viaturas da PM
21/11/2017

Policiais militares receberam a orientação para que só saiam com as viaturas das suas bases para atendimento de ocorrência e não para policiamento ostensivo. Isto porque está faltando dinheiro para a compra de combustível.

A situação foi apurada pela Aprasc e repercutiu em veículos de Comunicação da capital e do interior.

Confira a matéria no Bom Dia Santa Catarina

 

Rádio CBN: Entrevista com o presidente da Aprasc, Edson Fortuna, na segunda-feira, 20 de novembro  

 

 Confira a nota na Coluna Rafel Martini, publicada nessa segunda-feira, 20 de novembro, no Diário catarinense

A Associação de Praças de Santa Catarina (Aprasc) recebeu informações, nesta sexta-feira, 17, de que as viaturas dos batalhões de São José e Palhoça e também nos municípios da 3ª Companhia do 19º BPM, na região de Ermo, no Extremo-Sul do estado, não estão circulando normalmente devido a falta de repasse de verba para compra de combustível. 

Os policiais militares do setor operacional estão sendo orientados a suspender as rondas e saírem apenas para atender chamado de ocorrências. No 7º BPM, em São José, a ordem está valendo desde esta sexta-feira. Já no sul o problema tem se arrastado desde a metade do ano.  

Aliás

A coluna teve acesso ao memorando interno do comandante do 7° BPM, de São José, em que ele comunica à tropa que as viaturas somente poderão sair do batalhão para atender ocorrência, suspendendo as rondas ostensivas.

Confira a matéria publicada nessa terça-feira, 21 de novembro, no Diário Catarinense e Jornal de Santa Catarina

PM limita deslocamento de viaturas em SC por falta de dinheiro para abastecimento

Secretaria da Fazenda afirma que ainda nesta semana será liberado um valor extra para normalizar a situação

 Viaturas da Polícia Militar de pelo menos três regiões de Santa Catarina estão com o deslocamento limitado por conta da falta de dinheiro para o abastecimento dos veículos. A situação foi levantada pela Associação de Praças do Estado de Santa Catarina (Aprasc) e confirmada com fontes de batalhões do Sul, Oeste e Planalto Norte do Estado.

Em Dionísio Cerqueira, no Oeste, a permissão é para cada viatura rodar no máximo 50 quilômetros a cada turno de 12 horas. No Sul, em cidades como Araranguá, Ermo, Tubarão e Criciúma, e no Planalto Norte, em Mafra e Canoinhas, há orientações para que só sejam feitos deslocamentos para atendimento de ocorrências graves. Com isso, rondas preventivas estão suspensas.

Situação semelhante ocorreu semana passada em Palhoça e São José, na Grande Florianópolis, mas conforme a Aprasc nestas cidades o problema já foi resolvido.

Segundo o presidente da associação,  subtenente Edson Fortuna, em novembro deveria ter sido repassado pela Fazenda R$ 1,5 milhão para o abastecimento e só R$ 400 mil desse valor teria chegado aos batalhões.

— Isso tem sido comum e ocorre no Estado inteiro. E não só com combustível, mas com alimentação também. Não pode restringir o combustível da forma como está sendo feito enquanto a criminalidade aumenta de forma exponencial em SC. Rodar 50 quilômetros (limite que tem sido permitido em Dionísio Cerqueira) não é nada para um policiamento — diz Fortuna.

A Secretaria da Fazenda garantiu que não há atraso nos repasses para combustível à Secretaria de Segurança Pública, que seria a responsável por gerir esses recursos. Procurada, no entanto, a SSP informou via assessoria que apenas a própria PM se manifestaria sobre a situação.

A Fazenda também informou, por nota, que após reunião com o governador Raimundo Colombo (PSD) no início da tarde desta segunda-feira, o secretário Renato Lacerda definiu a liberação ainda nesta semana de crédito suplementar no valor de R$ 280 mil para a SSP com fins de aquisição de combustível para viaturas. "Trata-se de uma quota extra enquanto é feita a projeção da necessidade de recursos até o fim do ano", diz o texto.

A PM, também por nota, reforçou as informações da Fazenda e a previsão de normalizar os abastecimentos a partir da liberação destes recursos.

 

Rádio Super FM de São João Batista

PM de SJB fica sem combustível e viaturas param

 Entrevista para o SBT Meio Dia em 22 de novembro

 

Notícias Relacionadas
    [ Últimas notícias ]
    POLICIAIS E BOMBEIROS MILITARES LUTANDO PELA SEGURANÇA DA SOCIEDADE
    • (48)3223-2241 3039-0609

    Associação de Praças de Santa Catarina - Rua Raul Machado, 139 Centro - CEP: 88020-610 - Florianópolis/SC

    Horário de funcionamento
    Segunda à sexta-feira 8h às 12h e 14h às 18h